O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), continua com as ações de solidariedade que tiveram início durante a pandemia. Em homenagem ao Dia das Crianças, neste 12 de outubro, a organização doou mais de uma tonelada de alimentos a instituições de educação da capital gaúcha. Entre os alimentos doados, arroz orgânico, mel e leite.

O Instituto de Educação Josué de Castro,  do MST, doou um parquinho para a Vila Cruzeiro, em Porto Alegre. Integrantes dos Sem Terra, do Levante Popular da Juventude e da comunidade local se uniram para montar o parquinho para as crianças aproveitarem seu dia.

Para completar a comemoração, foram distribuídos cachorro quente, sucos e saches de mel para as crianças da vila.

O MST já doou mais de 3,5 mil toneladas de alimentos agroecológicos desde que teve início o isolamento social. O objetivo das ações solidárias são, além de contribuir com as famílias vulnerabilizadas pela falta de renda durante a pandemia, conscientizar a população da importância da distribuição da terra para a produção de alimentos de qualidade, frescos e sem agrotóxicos.

Em junho, o movimento lançou o Plano Nacional de Reforma Agrária Popular, onde propõe ações e políticas públicas para o fortalecimento da agricultura familiar e pela reforma agrária, ações que desenvolvem a economia, gerando emprego, renda e oferecendo dignidade a milhares de pessoas que vivem nas periferias, muitas sem trabalho, desinchando as cidades e promovendo a vida no campo.

 

📷 Coletivo de Comunicação do Levante Popular da Juventude