Durante ação da Campanha Nacional Mutirão contra a Fome, desenvolvida pela Rede Periferia Viva, Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), da Companhia Nacional de Abastecimento  (Conab) e e Centro de Referência da Assistência Social  (CRAS), no dia 2 de outubro, foram distribuídas 150 cestas de alimentos para as famílias mais vulneráveis do município de Santa Cruz (PI).

Já na cidade de Geminiano, também no Piauí, foram entregues 197 kg de alimentos. A região é formada por populações muito pobres e sem apoio do governo federal. Com o corte de Bolsonaro n0 auxílio emergencial, de R$ 600 para R$300, a fome atinge em cheio o sertão do Brasil, colocando milhares de pessoas em risco de desnutrição.

Nesse sentido, os movimentos sociais tem atuado com diversas campanhas de arrecadação de alimentos voltadas para esses territórios. Diante de um governo ultraliberal, que não presta assistência social para a população carente, o povo é que está cuidando do povo.