Além da distribuição de alimentos, de produtos de limpeza e de higiene pessoal, entre outras ações, a Associação de Mulheres em Ação de Palmas (AMAP), de Palmas – TO, filiada à CMP, está produzido centenas de máscaras de proteção, em sua oficina de costura, para doar às comunidades em situação de vulnerabilidade social e econômica.
“Costureiras têm doado parte de seu tempo para confeccionar as máscaras em solidariedade às pessoas que, muitas vezes, não conseguem comprar esse equipamento tão importante para a proteção contra o coronavírus”, afirma Francisca Lima, presidenta da AMAP.

A CMP, além das ações de solidariedade, está denunciando o governo Bolsonaro pelo aumento do preço dos alimentos e do retorno da fome no Brasil. Além disso, a CMP está engajada também na luta pela aprovação do plano de reprodução de alimentos e pela manutenção dos 600 reais de auxílio emergencial. 600 SIM! 300 NÃO.

Para doações à CMP acesse: https://movimentoscontracovid19.com/

Campanhas

As ações da CMP compõem a campanha nacional de solidariedade Vamos Precisar de Todo Mundo, das Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, que já distribui mais de 4 mil toneladas de alimentos e produtos de higiene desde abril.

As frentes populares estão desenvolvendo, também, a campanha Taxar Fortunas para Salvar Vidas,  que propõe a cobrança do imposto sobre a riqueza acumulada e não, sobre o consumo, como é atualmente. E a campanha permanente pelo Fora Bolsonaro, pelos efeitos de seu projeto de destruição das conquistas dos trabalhadores, privatizações e, agora, inflação dos alimentos e a volta do país ao Mapa da Fome.

Além disso, a Plataforma Emergencial para o Enfrentamento da Pandemia e da Crise Brasileira apresenta propostas nas áreas energética, alimentar, habitacional e econômica como alternativas para o país resolver as questões que mais afetam o povo brasileiro nesse momento.

Fonte: CMP Amazônia