Mobilização inclui contribuições em dinheiro e também em cestas básicas; empregados estão em greve há quase um mês

Uma campanha promovida por diferentes trabalhadores está arrecadando doações para funcionários dos Correios que tiveram parte do salário cortada pela direção da empresa em meio à atual greve, que teve início em 17 de agosto. Interpretada como retaliação política, a iniciativa atinge empregados de diferentes regiões do país. Os grevistas protestam contra a redução de 70 dos 79 pontos do acordo coletivo por parte da empresa de forma unilateral.

Tendo partido do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos no Distrito Federal (Sintect-DF), a mobilização pelas doações inclui contribuições em dinheiro e também em cestas básicas. De acordo com a organização, a verba arrecada será utilizada para a compra de alimentos destinados a funcionários atingidos pelo corte salarial.

O movimento é apoiado por outros sindicatos e pela Central Única dos Trabalhadores do Distrito Federal (CUT-DF), que concentra as doações na conta bancária da organização. Para Rodrigo Rodrigues, da direção da entidade, a paralisação dos funcionários dos Correios tem destacada relevância no combate ao desmonte promovido pela gestão Bolsonaro, que tem a estatal na mira como um dos alvos da lista de privatizações.

“É uma greve pela defesa dos direitos de uma categoria, mas é uma greve emblemática em defesa da soberania nacional. Deixar esses trabalhadores sem condições de se alimentarem e às suas famílias é uma cruel tática de um presidente genocida encaminhada pelo general presidente da Empresa [Floriano Peixoto], por isso a solidariedade de classe se faz importante, por isso estamos arrecadando doações, para apoiar quem está nessa frente de batalha, para fortalecer a luta, para tentar minimizar os efeitos dessa prática antissindical”, afirma o dirigente.

As doações em valores para a campanha devem ser feitas para a seguinte conta bancária, na Caixa Econômica Federal: agência 002, conta 4667-7, operação 003, CNPJ 60.563.731/0004-10. Os telefones para tirar dúvidas ou para tratar de doações de cestas básicas são: (61) 3225.0761 / (61) 9645.1798.

Fonte: BDF