O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra está dando um grande exemplo de solidariedade com a população das cidades. Além de produzir alimentos durante todo o ano, garantindo que a produção ecológica chegue nas mesas dos brasileiros com abundância, nesse momento de pandemia o MST tem feito doações de milhares de toneladas de verduras, legumes, leite, tudo produzido pelos acampamentos e assentamentos onde famílias inteiras trabalham e vivem do que a terra produz. Nesta quarta-feira (29), foi a vez do Portal do Paranapanema, em São Paulo, receber doações. 

O Setor de Produção do MST entregou 180 cestas agroecológicas, totalizando mais de 2 toneladas de alimentos, para famílias de catadores(as) de materiais recicláveis da região. Alimentos saudáveis produzidos pelas famílias assentadas da reforma agrária!

Esta é a segunda ação de entrega das cestas de iniciativa do Ministério Público do Trabalho  de Presidente Prudente e da Defensoria Pública, em parceria com o MST do Pontal, da Unesp, e as cooperativas de catadores(as) de recicláveis da região, pelas ações de combate aos impactos socioeconômicos na pandemia do Covid-19.

Somente no mês de julho foram doados, por meio desta iniciativa, 360 cestas com mais de 4 toneladas . A parceria prevê o atendimento para estas famílias durante seis meses!

Acompanhem as notícias sobre agroecologia e as ações do MST na região do Pontal do Paranapanema:
instagram.com/agroecologia_pontal

#AlimentoSaudávelÉumDireito #QuarentenaSemTerra #FiqueEmCasaNãoEmSilêncio

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, área interna e comida

A imagem pode conter: flor, planta e comida

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, mesa e atividades ao ar livre