Diversas entidades e movimentos populares apresentaram, na última semana, uma denúncia para o Conselho de Direitos Humanos da ONU dos casos de reintegração de posse e incêndios que geraram remoções no estado de São Paulo em plena pandemia.

O relatório apresenta os casos de grave violação do direito à moradia e à vida através da Relatoria Especial para o Direito à Moradia Adequada da ONU.

Participaram de sua elaboração o Centro Gaspar Garcia de Direitos Humanos, a Central De Movimentos Populares Do Brasil, a UMM SP, a Frente De Luta Por Moradia – FLM, o MST – Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, o MTST – Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto, o Mstc – Movimento Sem Teto Do Centro, a Associação Rural Renascer, o Condepe-SP Conselho Estadual de Direitos da Pessoa Humana – SP e o Observatório de Remoções.

Confira aqui o relatório completo.

Fonte: Movimentos Contra a Covid 19