O MST, ao longa da usa história, aprendeu a transformar o luto, em luta. Mas agora a solidariedade de classes do campo com a cidade, leva à proposta de uma Reforma Agrária Emergencial, voltada para produção de alimentos ao redor dos grandes centros urbanos, voltada para garantir a vida dos trabalhadores e trabalhadoras mais empobrecidos. Voltada para levantar a dignidade de seres humanos que se recusam  a morrer de fome em um país tão rico, mas tão desigual.

Nesse sentido, nesta sexta-feira (26), O MST lança, na Bahia, o Plano de Reforma Agrária Emergencial, como uma alternativa para a crise, com uma live, às 10 horas da manhã.

O Plano de Reforma Agrária Emergencial foi lançado nacionalmente no início de junho.

A transmissão da live será pela TVPT da Bahia.
>>