Há convocação de panelaços contra o governo para às 20h e também para às 20h30

Depois de um período de panelaços diários contra o presidente Jair Bolsonaro, que foi evidente principalmente no início da pandemia do coronavírus no Brasil, a mobilização nas janelas deve voltar na noite desta quinta-feira (18).

Estão sendo convocados pelo menos dois panelaços, ambos com o mesmo mote: para comemorar a prisão do ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, e também para pedir a saída de Bolsonaro da presidência.

Um dos panelaços está marcado para às 20h e é convocado pelos partidos Rede, PV, PSB, PDT e Cidadania. O outro está marcado para às 20h30, horário que se tornou uma tradição dos panelaços, e é convocado por figuras do campo progressista, como o ex-senador Lindbergh Farias (PT-RJ).

“Hoje, às 20h30, a gente vai fazer um grande panelaço em todo o Brasil. Tem muita gente articulando isso pelos estados, a prisão do Queiroz não é um fato qualquer, é fazer o maior panelaço que a gente já fez pra derrubar de vez o Bolsonaro”, diz Lindbergh em um áudio que circula em grupos de WhatsApp.

Fonte Revista Forum