Por meio de parceria com entidades como a Central de Movimentos Populares (CMP), Capim Santo, AIZOMÉ e o Instituto de Beleza Callebe, o Movimento Estadual da População de Rua (MEPR) desenvolve ações de distribuição de marmitex, sopa, café com leite, sanduíche de pão com mortadela, além de fazer corte de cabelos.

A CMP segue no apoio a essas ações de solidariedade desenvolvidas na região central de São Paulo pelo MEPR, que organiza atividades de combate à COVID-19 desde o início de março.

Diariamente, são distribuídas 2 mil refeições, como almoço e sopa, de segunda a sexta-feira, totalizando 26 mil refeições distribuídas nesse período. Aos domingos são entregues roupas, kits de higiene, máscaras, álcool em gel, além de serem realizados os cortes de cabelos. Durante o sábado e o domingo as ações atendem, em média, de 200 a 300 pessoas. São feitos 50 cortes de cabelos aos sábados e 50 aos domingos.

Para além da atuação com a população em situação de rua, o movimento também atende famílias moradoras das ocupações do entorno. Para Robson Mendonça, presidente do MEPR, “essas ações de solidariedade às pessoas que estão na rua são muito importantes, tanto por causa da Covid-19, quanto por ser um período de baixas temperaturas, o que requer maior atenção aos moradores em situação de rua”.

Essas atividades dependem da colaboração da sociedade para continuar acontecendo. Para fazer doações às entidades filiadas à CMP acesse o site Movimentos Contra a Covid 19.