Teve início nesta terça-feira (9) a Campanha de Solidariedade Amora. Idealizada pela Secretaria de Mulheres da CUT-DF em parceria com a Marcha Mundial das Mulheres e a Central de Movimentos Populares, a ação tem como objetivo ajudar catadoras e catadores de material reciclável que integram o Movimento Popular por Moradia do DF e Entorno (AMORA) e que estão sofrendo com a crise gerada pela pandemia.

A campanha, que vai até o final de junho, consiste na arrecadação de itens da cesta básica e outras necessidades para o grupo. Com o isolamento social necessário para conter a propagação do coronavírus, as catadoras e catadores de material reciclável ─ que já sofriam com a crise econômica ─ precisaram pausar suas atividades. Além disso, foram impostas tantas regras para obtenção dos auxílios dos governos federal e distrital que, das 173 famílias cadastradas no AMORAS, poucas tiveram acesso ao Auxílio Emergencial, do governo federal, e ao Renda Emergencial e Prato Cheio (do governo do DF).

No decorrer da campanha, dois momentos intensificarão as doações. O primeiro deles será um bazar, que acontecerá na segunda-feira (15), dentro da comunidade AMORAS. De acordo com a organização da campanha, já estão sendo arrecadados móveis, utensílios, roupas, cobertores, entre outros. Todos os itens serão vendidos a preços dentro da realidade das trabalhadoras e dos trabalhadores.

Outro momento de intensificação para as doações será o “Sarau Isso é coisa de mulher!”, que será realizado na sexta-feira (19). O objetivo dessa ação é proporcionar um momento de descontração para as mulheres, com cultura e acolhimento virtual. A ação, que contará com a apresentação de artista de Brasília, será transmitida ao vivo pelo Facebook da CUT-DF, a partir das 19h.

“Existe no DF uma demanda muito grande de pessoas precisando de auxílio para sobreviver, em virtude do aumento absurdo da taxa de desemprego. Fazer uma campanha de solidariedade com os movimentos de mulheres é mais uma forma de a gente, com a cara de quem organiza as trabalhadoras e os trabalhadores, poder ajudar uma parcela fragilizada a conseguir atravessar essa crise. É dever de todo mundo ajudar”, disse a secretária da Mulher Trabalhadora da CUT-DF, Thaísa Magalhães.

Como ajudar
 As doações poderão ser feitas em dinheiro para as seguintes contas:

Caixa
Jaqueline Silva
Agência: 4331
Operação: 013
Conta: 26555-4

Banco do Brasil
Cristiane Pereira dos Santos
Agência: 4591-8
Conta: 9603-2
Ou doando itens da cesta básica que é composta por:
4 rolos de papel higiênico, 2 sabonetes, 2 sabões em barra, 5kg de arroz, 2kg de açúcar, 400g de biscoito água e sal, 1kg de feijão, 500g de macarrão espaguete, 1 lata de sardinha, 1 litro de óleo, 500g de café, 1 Pasta de dente.

Também são muito bem-vindos agasalhos, roupas e cobertores.
Para entregar as doações na CUT-DF é preciso agendar com Thaísa pelo telefone/Whatsapp 61 99607-7050.

A ação solidária vai até o final de junho. Acesse o site da CUT DF para saber mais: bit.ly/37dbs3F

Faça parte dessa ação e ajude a salvar vidas!