Devido à crise causada pelo novo coronavírus, a população LGBTQI, que já vive à margem da sociedade, sofrendo todo tipo de preconceito e violência, com a chegada da Covid-19 foi bastante afetada em suas atividades econômicas de geração de renda.

A Central de Movimentos Populares (CMP) tem uma parceria com o Coletivo Sarau Travas da Sul, que articula ações voltadas à cultura, lazer, saúde, educação e renda para população LGBTQI da regiões do Grajaú e Parelheiros, na zona sul de São Paulo.

Por meio da rede solidária da Campanha “Movimentos Contra a Covd-19”, A CMP entregou, nessa semana, 30 cestas básicas e 60 máscaras para integrantes do grupo Sarau Travas da Sul. Uranide Sacramento Cruz, a Nani, da direção nacional da CMP e liderança popular do Grajaú, uma das responsáveis pela ação de solidariedade, afirma que “no atual cenário de muita dificuldade que o país atravessa, é preciso praticar solidariedade e ajudar os grupos mais afetados com a covid-19”.

Raimundo Bonfim, coordenador nacional da CMP, aponta que “é fundamental aumentar nossas redes de apoio nas periferias, pois o povo está abandonado e precisamos estender a nossa mão solidária”.