Em entrevista, o pró-reitor de Graduação, Edmund Chada Baracat, fala sobre a ação que beneficiou estudantes com necessidades socioeconômicas

Com a suspensão das atividades acadêmicas presenciais e a adoção de aulas remotas, desde março a USP tem distribuído kits internet – compostos de um chip para celular ou um modem portátil com interface USB, habilitados para 20 GB e mínimo de 100 horas-aulas por mês – a estudantes de graduação e de pós-graduação com necessidades socioeconômicas em todos os campi da Universidade.

A Universidade adquiriu 2.250 kits para beneficiar esses alunos após levantamento feito pelas Pró-Reitorias de Graduação e de Pós-Graduação junto às Unidades de Ensino e Pesquisa e à Superintendência de Assistência Social (SAS).

“Quando começou a pandemia e a interrupção das atividades presenciais, recebemos informações que havia um contingente de estudantes que não tinha acesso à internet. Então foi feito um esforço para que eles recebessem esses kits”, afirmou o pró-reitor de Graduação da USP, Edmund Chada Baracat, em entrevista concedida à EPTV veiculada no dia 22 de março. No campus de São Carlos, 217 kits foram distribuídos.

Clique aqui e acesse a íntegra da entrevista.