Avaliação negativa do governo chegou a 50% no levantamento divulgado na quarta-feira (20); Bolsonaro é reprovado por 58%

Pesquisa de opinião realizada pela XP Investimentos com o Instituto Ipespe mostra que a avaliação negativa do presidente Jair Bolsonaro em razão da atuação desastrosa do governo diante da pandemia do coronavírus segue avançando. Pela primeira vez, o Ruim/Péssimo chegou a 50% nos levantamentos da XP-Ipespe.

Entre 15 de abril e 20 de maio, a avaliação de Ruim/Péssimo para o governo saltou de 40% para 50% – o pior resultado registrado até então. O Bom/Ótimo apresentou uma queda de 30% pra 25% – o patamar mais baixo já registrado pela pesquisa.

A reprovação do atuação do presidente também aumentou. Agora são 58% os que consideram a condução de Bolsonaro como Ruim/Péssima, ante 21% que avaliam como Bom/Ótima.

A tendência mostrada pela XP-Ipespe dialoga com a pesquisa Fórum realizada em parceria com a Offerwise. Em abril, o ótimo e bom do governo era de 46%; neste mês, despencou para 26,1%. Já o número de entrevistados que consideram o governo ruim ou péssimo saltou de 19,6% para 38,5%. A avaliação pessoal de Bolsonaro aparece com 39,5% de reprovação na pesquisa.

Fonte: Revista Forum