A Central de Movimentos Populares (CMP) segue com ações de solidariedade em todo o estado de São Paulo e no Brasil. Desta vez, a CMP da Baixada Santista, no Litoral Sul de São Paulo, distribuiu cestas básicas e cartilhas sobre o Direito à Água. A publicação denuncia a falta de água nas comunidades carentes, problema que afeta milhões de pessoas, especialmente, nesse momento de crise sanitária. A ação de solidariedade ocorreu nos municípios de Santos, Praia Grande, Guarujá e Itanhaém.

Luiz Pereira dos Santos, coordenador regional da CMP explica que a entidade está fazendo ações de solidariedade e, ao mesmo, tempo cobrando os governos para que tomem medidas de proteção social, geração de renda e emprego. “Aqui na Baixada Santista existem inúmeras comunidades que não têm infraestrutura urbana e social, milhares de pessoas sobrevivem em absoluta pobreza e em situação de vulnerabilidade, o que aumenta a possibilidade de contaminação pelo pela coronavírus”, pontua Santos.

Para saber outras ações de solidariedade da CMP e entidades filiadas,  visite o site Movimentos contra a Covid 19. A Central também disponibiliza várias alternativas para quem quer fazer doações.

A CMP integra a campanha nacional de ação ao povo brasileiro, Vamos Precisar de Todo Mundo, que reúne iniciativas de solidariedade de todo o Brasil. Em seu site, todomundo.org, há opções para fazer doação, cadastrar uma iniciativa solidária, ou pedir ajuda se precisar.

Veja as fotos da ação da CMP na Baixada Santista: